Depois de muitas conversas decidimos fazer nossa primeira saidinha a uma casa de swing, escolhemos uma balada liberal da região e começamos a viagem... "Ella" pediu para sair sem calcinha e... como falar que não com essa bucetinha deliciosa!? Já nas escadas ficou molhadinha, e depois durante a viagem no carro tive minha primeira recompensa... Chegamos na balada e ficamos observando por um tempo, até que decidimos dar a primeira voltinha pelos labirintos. Logo de cara ficamos de frente com uma garota que engolia um terrível pau, buscamos um cantinho perto deles e ficamos de olho, até que minha safada pegou minha mão e a enfiou na sua buceta quentinha e molhadinha, minha pica estourava dentro da calça, decidimos buscar uma sala coletiva onde não tinha ninguém, aí começou o delírio. Sentados nos acariciamos de maneira mutua, até que percebemos que já não estávamos sozinhos, três casais nos olhavam intensamente... foi aí que o negocio pegou fogo, Ella abriu as pernas e enfiou minha mão, quase toda na xoxota enquanto apertava meu pau com muita força... os casais já à vontade e bem perto da gente começaram a se tocar. Foi por isso que mudamos de posição, minha putinha ficou de costas pra mim com a xoxota aberta, sem duvidar enfiei minha pica dura fazendo-a gritar de prazer... Estávamos em outro mundo até que sentimos umas mãos acariciar o bumbum de minha safada, nos olhamos e percebemos que tínhamos um casal na mesma posição da gente, grudados a nos, transando sem tirar os olhos da gente. Ella olhou pra mim buscando cumplicidade, o ritmo da transa não parou, fomos ficando mais a vontade até chegar juntos (o outro casal também) a um orgasmo maravilhosamente diferente... minha porra melou toda a bunda da minha putinha e na mão da safada desconhecida. Essa noite tivemos outras trepadas gostosas, mas escolhemos essa por ter sido a primeira nesse novo mundo.... Vamos por mais!